domingo, 18 de dezembro de 2011

Depois da correria... o cansaço!

É meninas! A festinha saiu! Depois de muita correria, muito estresse, muitas coisas de última hora, ela saiu. Não foi exatamente como eu queria, muita coisa ficou de fora, não deu tempo, não teve dinheiro, teve furo... Mas acabou dando tudo bem. As pessoas elogiaram e o melhor de tudo, o Gu adorou!

Como eu havia dito, o tema seria "cata-vento marrom e azul", seria, porque de cata-vento a festa não teve quase nada. Não deu tempo de fazer. :-(

Fiquei frustrada de triste claro, mas fazer o que? Bola pra frente!

Pra piorar os brinquedos que aluguei não chegaram. Um dos meus irmãos chegou a dizer que viu um carro com uma carriola estacionando quase em frente ao local da festa, mas o cara nem pra vir e perguntar se era ali. Ligou 1 vez no meu celular, e já estava 2 horas atrasado! Eu estava ocupada com o bolo e nem vi! No final a criançada ficou sem brinquedo.

Mas no fringir dos ovos a festa foi boa. Faltaram os detalhes, estes que fazem a diferença, e que eu queria tanto, mas foi boa! O Gu brincou muuuito, ontem, assim de dormiu ele ainda dava gargalhada.

Dormiu depois do almoço e ja capotou de novo, cansadinho. E eu também, muito cansada, mas feliz. A melhor coisa do mundo e ver a felicidade no rostinho lindo dele!

Não consegui tirar fotos, mas meu cunhado tirou, quando ele me mandar posto alguma coisa aqui, pra vocês terem uma idéia.

E de tudo isso, ficou uma lição: nas próximas: BUFFET!!!!!

Beijos!

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

Aniversário e a saga do Bebê Hipoglós

Estou na corrida contra o tempo para a festinha de aniversário do Gu.

Sou meio doida e não quis fazer a festinha dos "temas" existentes. Queria algo diferente!

Primeiro quis fazer a festa de "urso". Este seria o tema do meu chá de bebê que não aconteceu por causa dos sustos do final da gravidez. Seria azul e branco. Assim, minha primeira decisão foi fazer o aniversário de "Ursinhos - marrom e branco".

Uma amiga da minha irmã que é mestre na arte de fazer coisinhas lindas (ela que tinha feito os convites do chá), me sugeriu fazer "marrom e azul" e me mandou cada coisa linda da net que não resisti.

Mudei para "Ursinhos - marrom e azul". Comecei a pesquisar, separar idéias e sugestões e fazer um planejamento. No meio das pesquisas encontrei umas coisas lindas de catavento (além do Gu adorar a parte do catavendo e do sol na música alecrim dourado da Galinha Pintadinha). Pensei em fazer "ursos e cataventos", mas achei que era coisa demais.

A grana continou curta e eu percebi que não conseguiria fazer a festa do jeito que eu queria, e resolvi mudar de idéia, a festa ia ficar muito xôxa e eu ia me sentir mal depois. Pensei um pouco e voltei pra idéia do catavento que me encantou muito também, e aí a festa ficou "catavento - marrom e azul".

Já comecei os preparativos, com a ajudinha de umas irmãs. Depois publico algumas imagens. Acho que vai ficar lindo!

Vamos aou outro assunto. Como muuuitas mamães inscrevi meu pimpolho na promoção Bebê Hipoglós e, como muitas também, estou decepcionada. Absurdo que alguma criança em 3 dias de votação tenha 70 mil votos. Desanima a gente. Embora eu já tenha percebido que se trata de uma bela marmelada, continuo na minha campanha singela com os amigos, pra ver a votação do Gu. Inscrevi, agora tenho que ir a luta. Mas que é chato, ah, isso é...

Daqui uns dias, novidades da festinha!

Beijo!

domingo, 13 de novembro de 2011

O tempo e a corrida contra ele...

Amanhã o Gu faz 11 meses!

É clichê, mas, caramba (!), como o tempo passou rápido!

Eu fiz mil planos, de como seriam meus dias, como eu registraria cada minutinho dele, por fotos, vídeos, anotações, aqui no blog, mas aí vem o dia-a-dia e me consome. Quando dou por mim o tempo passou e não registrei nada. E isso se repete, um looping desanimador e sem fim!

E olha, já fiz outros mil planos de como deixaria tudo o que não mais importa de lado e me dedicaria a estes registros, mas quem consegue pôlos em prática?

Não estou me justificando não, só dando uma pequena explicação a quem aparece por aqui, em busca de novidades, ou quem, nas raras atualizações, me pede fotos e notícias melhores. Desculpem. EStou tentando (e vocês estão vendo que não estou conseguindo... hehehe)

Estou com outros planos, pra mudanças na minha vida mesmo, se derem certo acho que sumo mais um pouco por um tempo, mas depois a questão do tempo vai melhorar bem pra mim, bom, assim espero!

Vamos às notícias. Gu doentinho de novo. Febre alta. Corre pro pediatra. Olhou ouvido e garganta. Tudo bem. Disse que é só um resfriado, mas a mamãe aqui acha que é dente mesmo. Ele já tem os dois de baixo grandinhos, e eis que os dois de cima querem nascer. Um já até despontou e o outro tá lá, quase nascendo, dando trabalho. Espero que nasça logo e pare de judicar do meu neném.

Ele está espertíssimo. Deu thauzinho para a madrinha na 5a. e foi uma festa aqui pra mamãe. Faz tempo que estou na "luta" pra ele dar tchau e nada. Ele só faz o que quer quando quer.

Semana passada fez não com a mãozinha também. Ele não levanta o dedinho, faz com a mão inteira, uma graça. Hoje quando o papai insistiu em dar mais uma colherada de papá, ele fez "não", e nós, pais babões quase choramos! Foi lindo!

Bate palmas direitinho, principalmente quando cantamos "Parabéns pra você". Adora quando a mamãe canta "A dona aranha", e imita a mãmae na parte da "chuva forte", balançando as mãozinhas.

Está comendo super bem e toma suco de canudinho. Isto ele aprendeu mês passado e deixou o pediatra impressionado. Como eu já disse, ele faz o que quer, e aprende o que interessa.

Adora determinados comerciais. Adora as chamadas da Band News, principalmente da previsao do tempo e do mercado financeiro e pecuário. Adora também o comercial do Law and Ordem LA. Ama a musica!

Ele continua lindo como sempre! Olhem só!



Ah! Estou nos preparativos para o aniversário, mas isso é papo pra outro post, ainda esta semana!

quarta-feira, 12 de outubro de 2011

desânimo...

Primeiro quero pedir desculpas pelo sumiço, tanto aqui quanto no cantinho de vocês... Ando muito desanimada e cansada. A correria diária é grande! Saio cedo com o Gu, o deixo na creche. Depois as 8 horas diárias de trabalho vou buscá-lo e aí vem cuidar da casa. Eu que nunca fui uma boa dona de casa estou penando muito.

Pra piorar meu trabalho não está lá estas coisas. Muitos problemas que nem cabe aqui dizer, mas está difícil. E no final fico um cáco. Aliás, caquinhos beeem pequenos, tão pequenos que não sobra nada, nem pra vir aqui postar alguma coisa....

Estou tentando juntar energias pra começar o "mão da massa" do aniverário do Gu. Depois de planejar meses resolvi, assim, praticamente de ultima hora, mudar de tema. Na verdade ainda não bati o martelo, mas resolvo mesmo esta semana. Aí venho contar.

Bom, com o Gu está tudo bem. Junto com a catapora veio uma otite. Aí da-lhe amoxilina. Aí, no 7. dia reação da amoxilina. Substitui o remédio e vamo que vamo. Aí vem uma virose. Meu pequenininho sofreu uns dias. MAs agora só alegria, está super forte, engordando bem, também pudera, está comendo muuuito bem! Está adorando a creche, sorri para as moças e pelo que soube, brinca muito. Semana que vem tem reunião, vamos ver as informações oficiais!
Beijos!

quarta-feira, 7 de setembro de 2011

Febrícula + chorinho + pintinhas =???

Sim, o Gu está com catapora!

Estamos "de molho" em casa por 10 dias. Eu até estou aliviada, porque não está "muito forte". Foram poucas as "pintinhas" que apareceram e algumas eram tão minúsculas que sumiram sem formar casquinha!

O ruim é que ele desenvolveu uma otite, segundo a pediatra do PA foi em função da queda da imunidade que a catapora causa. Além disso ele continuava com aquela tosse persistente.

Aí estamos com uma pilha de remédios: pra otite, pra tosse e pra aliviar os sintomas da catapora.

Mamães, fiquem atentas porque catapora é comum neste período, então se os bebês apresentarem febre e tiverem algum ganglio na principalmente atrás da cabeça (o Gu tem) ou atrás das orelhas, pode ser catapora.

Agora notícias boas!

Ele está batendo palminhas e falando "papá", pro papai e pra mim! Estou tentando ensinar a falar "mamãe", mas está difícil.

Prometo fotinhas e não cumpro, eu sei, mas vou postas, prometo! (de novo, eheheh)

sexta-feira, 19 de agosto de 2011

eu, relapsa

Foi num susto que percebi que faz um mês que não atualizo aqui! Meu Deus, tanta coisa acontecendo, tanto para ser registrado e eu deixando tudo pra trás, pra depois...

E o depois na verdade não existe, porque o tempo passa a gente esquece...

O Gu está lindo (como sempre!) e cada vez mais maravilhoso! "Moção" com 8 meses, sentando sozinho, com um dente e outros querendo aparecer (gengivinha muuito inchada!).

Frequentou por um mês uma creche ótima (Chapeuzinho Amarelo) e depois tivemos de envia-lo para olutra (Mickey e Minnie). Nova fase de adaptação que, de novo, ele tirou de letra. Quem sofreu (e ainda está sofrendo) é a mamãe aqui. Na primeira escolinha ele era tratado cheio de cuidados, como se estivese aqui comigo. Me identifiquei muito com a escola, com os funcionários. Foi dfícil assimilar e aceitar a mudança, mas tide ve faze-lo, a parte financeira falou mais alto.

De qualquer forma ele adora ir pra creche, o que é um ótimo sinal. Ta espertíssimo. Comprei um livrão de tecido que ele está amando. TAmbém compramos um berço de camping que pode ser usado como chiqueirinho (cercadinho, para as politicamente corretas) e cabaninha. Ele esta amando também!

Muito aconteceu, mas eu acabei não noticiando...

Só sei que o tempo voou e eu, totalmente relapsa, deixei passar em branco... E sim, estou devendo fotos. Vamos ver se este fim de semana eu consigo me redmir!

Beeeijos!

quarta-feira, 20 de julho de 2011

Sobrevivemos, e bem!

Sobrevivemos ao primeiro dia do Gu na creche. E ao segundo também! Na verdade está sedo mais fácil do que eu pensei que seria.

No primeiro dia ele ficou meio período, isso para que ele pudesse "aproveitar" um pouco tudo depois de parar de chorar (pareço péssima mãe ao dizer isso não é? Mas é que quando eu deixava na minha mãe por algum tempo para resolver alguma coisa rápida, logo que ele chorava eu voltava, e aí tinha medo de ele ficar "acostumado" em chorar e a mamãe aparecer).

Claro que ele chorou, mas foi menos do que chorava na minha mãe. No primeiro dia dormiu rápido - não estava acostumado a acordar cedo, acordou até mal humorado, ja que foi acordado. Aí - segundo as meninas, acordou, se ambientou e brincou! Teve mais uns momentos de chorinho, mas nada alarmante - tinhamos combinado que se fosse alarmante elas me ligavam pra buscar antes. Peguei depois do almoço e ele tinha mandado ver no papá de lá.

Ontem ele até sorriu pra uma das cuidadoras quando chegamos na creche. Ameaçou chorar quando eu saí, mas ficou firmão. Liguei (algumas vezes - hehehe) no meio da manhã e elas disseram que ele estava bem, chorava um pouquinho de vez enquando mas já estava brincando mais.

Fui buscar às 15:30 e ele veio todo lindo, sem chorar sorrindo para as cuidadoras e para as crianças quando falavam "tchau" pra ele. Veio lindo e cheiroso, de banho tomado.

Vamos hoje de novo daqui a pouco e mais tarde eu posto umas fotinhas do meu "homenzinho"!

Beijo!

sexta-feira, 15 de julho de 2011

7 meses!

Realmente é como dizem: o tempo voa!!! O Gu ontem completou 7 meses! Tá lindo e danadinho!

Dia 12 o papai percebeu o primeiro dentinho rompendo a gengiva. Ele ficou bem enjoadinho, deu pra perceber como estava incomodando, dá-lhe "Nenê Dente", ele acalmava na hora!

Dia seguinte, lá vamos nós para vacinas, dentre eles a temida "Tetra". Ele teve reação de novo. Dor e febre, mas controlamos com a medicação e deu tudo certo.

Ontem, dia do "mesversário" propriamente dito, fomos fazer mais uma sessão de fotos, e desta vez tivemos a companhia da Vovó paterna. Ela amou, até tirou fotinhas com ele. Mas o danadinho deu trabalho. Chorou muito. Tá um grude comigo, só queria ficar no meu colo... Mas conseguimos umas fotos lindas! Lá, pela primeira vez ele conseguiu ficar sentado sem apoio, fiquei toda orgulhosa!

Com relação ao desenvolvimento dele eu já estou bem mais desencanada. Já percebo o ritmo dele para as coisas.

Ele já rola, mas ainda tem dificuldade para virar de bruços, um bracinho sempre fica preso. Mas é mestre em fazer bolinhas de cuspe, e de fazer barulho de "pum" com a boca na gente. Dá beijos e abraça muuuito forte a mamãe e o papai. Se vira quando ouve sons e vozes. Reconhece o nome. Puxa objetos, inclusive já quebrou uma caneca (segurou pela alça e depois soltou no chao). Passa os objetos de uma mão pra outra. E o mais surpreendente, bebe no copo! Se ele está tomando suco no copinho dele e o papai aparece tomando suco num copo de vidro ele prefere beber no copo de vidro. E bebe direitinho, sem derrubar, a coisa mais linda do mundo!

Segunda-feira ele começa na creche. Já estou sofrendo, mas sei que é para o bem dele. Vamos ver como ele e eu passamos o dia!

Beijão!

segunda-feira, 27 de junho de 2011

Dodói....

Gu tá dodoi.

Começou meio ranhentinho e com uma tossinha chata. Levei no PS na sexta e o médico mandou limpar o narizinho e passou remédio pra eventual febre (não teve) e um xarope. Este eu não dei, a bula indica pra maiores de 2 anos. Meeedo.

Amanhã tem consulta com o pediatra dele e vou seguir o conselho da Dri: perguntar sobre.

Hoje a tosse está mais carregada, o que está me deixando cada vez mais nervosa... Ele não está tão ruim, continua brincando, rindo, mas sei que o narizinho tá cheio, a tosse incomoda, tadinho...

E por falar no médico, eu estava querendo trocar de pediatra, queria um aqui na cidade onde moro e com idéias mais parecidas com as minhas... Na busca achei um péssimo, parece um militar, credo! Tô até pensando em colocar o Gu em outro convênio, com mais opções... Vcs acreditam que não tenho o telefone pra uma emergência?

quinta-feira, 9 de junho de 2011

Papinha salgada!

Hoje começamos com a papinha salgada! Como não faz nem 30 dias que começamos com as frutas, estamos começando bem de leve, então hoje foram só algumas colheradas de batata. Só batata cozida com sal e um fiozinho de azeite. O Gu não tem aceitado bem as frutas. Banana é que o que mais gosta, mas nem tanto. Em segundo lugar vem o mamão. Maça e pêra ele não gostou. Suco de laranja fez mal... Olha só a saga!

Como algumas crianças se dão melhor com a papinha salgada já introduzimos, de forma bem lenta.

Ele fez careta, teve ânsia, mas comeu melhor que a maça e a pêra. Amanhã espero que ele coma um pouco mais, e aí vamos incluir outros legumes.

Domingo completam 180 dias do nascimento do Gu, entao segunda tenho que me apresentar no trabalho... Vou pegar as guias para fazer os exames de retorno e estando tudo bem vou gozar das férias. Embora eu ainda tenha mais de 30 dias pra ficar com o Gu parece muito pouco. Logo logo ele estará passando o dia aos cuidados de outras pessoas e isso aperta meu coração.

Ele continua super grudado comigo, ontem não queria saber de ninguém, chorava em quaisquer colos e aí eu sofria por dentro imaginando como ele sofrerá na creche.

E por falar em creche estou aguardando a vaga do Gu, espero mais uma semana e se não sair vou no Conselho Tutelar, pra ver se agiliza alguma coisa. Quero fazer adaptação dele antes de voltar a trabalhar, pra ser lenta e gradativa, pra ele, nem eu, sofrermos tanto.

Não suporto a idéia dele chorar por horas a fio (e ele chora, até dormir, às vezes, quando o deixo na casa da minha mãe pra resolver alguma coisa...). Espero que seja tudo mais fácil.

E por falar nele, esta ficando sentadinho, coisa mais linda!

Beijo!

domingo, 5 de junho de 2011

A anta de capacete e outras estórias...

Como todas estão carecas de saber, faz uns dias que a página do blogspot está com problemas... E aí, pela Lei de Murphy, justamente nestes dias eu tive mais vontade de postar. Tentava diversas vezes e já estava ficando louca, imaginando teorias de conspiração pessoais, porque eu via todo mundo atualizando e eu não!

Eis que hoje um ser supremo iluminou a minha cabeçola e eu consegui ver a link de login no alto do meu blog. Sim a Anta de Capacete aqui n-u-n-c-a tinha reparado no tal link! E aí me perguntava diariamete como todo mundo consaguia postar e eu não!

Eu sempre soube que eu era meio lerdinha... Só não sabia o quanto!!!

Selinhos!

Nestes dias em que fiquei ligeirament afastada ganhei selinhos!

Da Pris e da Merciana, aí vão eles, com suas respectivas regrinhas:



Regras: 1.: Mostrar quem te indicou:
Pris, mãe do (fofo do) Noah.
2.: Repassar para 15 pessoas e avisá-las:
1-Michele, mamãe da Maria Clara; 2-Taly, mamãe da Emily; 3-Rafaela, mamãe da Lara; 4-Mila, mamãe da Gabriela; 5-Ana Paula, mamãe do Pietro Rhuan; 6-Maya, mamãe da Julia; 7-Talitah, mamãe da Yasmim; 8-Merciana, mamãe da Maria Helena; 9-Adriana, mamãe do Miguel; 10-Than, mamãe da Anna Laura; 11-Cíntia, mamãe da Maria Luisa; 12-Patrícia (Mandy), mamãe do Eduardo e do Henrique; 13-Pâm, mamãe do Léo e do Lipe; 14-Anine, mamãe do Guilherminho; 15-Jéssica, mamãe do Érik e da Eloíse.
3. Responder:
Nome: Luciana Marinho
Uma música: Passerà
10 coisas sobre mim: 1. Não queria ter filhos, fui convencida pelo maridex; 2. Adoro cachorros; 3. Sou super insegura; 4. Tenho medo do escuro e de fantasmas; 5. Sou quieta até me enturmar, depois falo até demais; 6. Queria, ou quero, sei lá, morar na Espanha; 7. Não entro em polêmicas; 8. Até hoje tenho dúvidas no aspecto profissional; 9. Sofro por antecipação; 10. Quero mais um filho, mas atualmente tenho dúvidas se será possível...



Regras: 1. Dizer 7 coisas a meu respeito: 1. Sou virginiana com ascendente em câncer (misturinha compliada); 2.Não como peixe; 3. Tenho medo de sapo, lagartixa e injeção; 4. Tive medo de dirigir por anos e consegui superar; 5. Sou chorona d+; 6. Não sei nadar nem andar de bicibleta; 7. Tenho cabelo crespo e detesto.

2. Indicar 10 pessoas: Sel, mamãe do Gustavo; Agnes, mamãe do Pedro Henrique; Neínha, mamãe do Yan Gabriel; Michele, mamãe da Maria Clara; Ana Paula, mamãe do Pietro Rhuan; Maya, mamãe da Julia; Anine, mamãe do Guilherminho; Mila mãmae da Gabriela; Pâm, mamãe do LKéo e do Lipe; Cíntia, mamãe da Maria Luisa.



Regra: Escolher 9 merecedoras e 1 merecedor do selinho: Pris, mamãe do Noah; Michele, mamãe da Maria Clara; Adriana, mamãe do Miguel; Rafaela, mamãe da Lara; Than, mamãe da Anna Laura; Taly, mamãe da Emily; Maya, mamãe da Julia; Sel, mamãe do Gustavo; Jéssima, mamãe do Erik e da Eloise; Marcelo, papai do Davi.

As outras estórias vão ficar para os próximos posts, tem bastante assunto! E sim, o Gu vai bem, obrigada!

domingo, 22 de maio de 2011

Alívio, pelo menos momentâneo

Não, não há nenhum problema com o Gu. Ele está bem, obrigada! Teve reação por causa da vacina, mas já passou... Em função dela demorei mais 1 dia pra introduzir as frutas. Banana prata ele está comendo bem. O suquinho de laranja não foi bem aceito, ele passou mal, chorou, acho que foi muito forte. A lima não era tão lima assim, sei lá, como disse minha irmã algumas frutas hoje não são tão puras. Vou procurar outra e tentar novamente. Ele também não curtiu maça, mas vamos insistir. Devagarinho ele aceita.

Mas vamos ao tema do post. Como comentei no anterior, perdi meu sono há alguns dias. As finanças não vão bem e eu estava encontrando problemas pra quitar minha casa... Me desesperei. Já sou desesperada por natureza, mas desta vez foi trash. E uma coisa dependia da outra, ou seja, meus planos foram por água abaixo, inclusive o de trabalhar 6 horas por dia pra poder ficar com o Gu.

Chorei, claro, esperei tanto poder educá-lo, mas infelizmente ele vai passar 8 horas na creche. Depois, pensando com mais calma, me lembrei que muitas crianças são criadas assim, passando o dia todo na creche e ainda assim os pais desempenham um papel importante na sua educação. Obviamente tenho que ficar de olho e não deixar tudo para a creche. O tempo que ficar com ele terá de ser um tempo produtivo. Mas sei que é possível educá-lo da forma que acredito correta, com valores...

Depois do desespero (e do apoio de pessoas próximas, o que foi importantíssimo) consegui ir colocando a cabeça no lugar e tentando resolver o que era possível, um passo por vez.

Agora já consigo ver uma luz no fim do túnel e acho que conseguirei resolver a questão da quitação da casa. Infelizmente creio que somente com ação judicial, mas com enormes e reais chances de resolver, de acordo com as pesquisinhas na internet.

Torçam por mim queridas, quem sabe ano que vem eu não consiga passar mais horas com o Gu!

Estou devendo visitas e vou pagar a dívida com cada uma, viu?

Beijos!

sábado, 14 de maio de 2011

5 meses

Faz 5 meses que segurei nos braços meu melhor e maior presente!

Ele está incrível! "Fala" o tempo todo e já brinca muito sozinho com seus brinquedinhos. Já agarra (e puxa pra por na boca) os brinquedinhos do tapete de atividades. A mesma coisa com o móbile do berço.

Hoje vamos começar com outros alimentos,o que me alegra e aflige ao mesmo tempo: está ficando cada vez mais evidente que este bebêzinho tão meu está crescendo e já não dependerá exclusivamente de mim. Sei que é um pensamento egoísta, mas não consigo evitar!

Prometo visita-las, estou realmente sumida, probleminhas que até me tiraram o sono, depois explico melhor...

Agora me deixem curtir e mimar meu lindo no dia dele!

bjo!

sexta-feira, 29 de abril de 2011

Salto de desenvolvimento

Nos comenários do post passado me foi lembrado que tudo o que está acontecendo com o Gu poderia ser um salto de desenvolvimento, o que sequer tinha passado pela minha cabeça, já que eu tinha percebido claramente os anteriores, nos quais embora ele tenha ficado chatinho, não há sequer paralelo de comparação com o seu atual estado.

A Pâm fez até a gentileza de me encaminhar um texto sobre o salto de desenvolvimento deste período. A Anine e a Michele também opinaram neste sentido. Aí, coincidência ou intercessão da "santa das mães de primeira viagem", recebi um e-mail do Guia do Bebê que continua justamente informações sobre isso ("Fases de crescimento e desenvolvimento que modificam o sono do bebê e da criança" - Dra. Andréia C. K Mortensen).

Dia 26 o Gu entrou na 19a. semana. Aí vai a transcrição do Salto de Desenvolvimento correspondente:

"- 19 semanas (4 meses e meio): por volta da 14ª. até a 17ª. semanas o bebê pode parecer mais ‘impaciente’. Esse é um dos saltos mais longos: dura cerca de 4 semanas, podendo porém se estender por até 6 semanas. O bebê chora mais, apresenta mudanças extremas de temperamento e quer mais atenção e colo. Consegue alcançar e pegar um brinquedo, sacudi-lo e colocá-lo na boca, passá-lo de uma mão para outra. Pode ganhar o primeiro dente. Os sons que o bebê emite se tornam mais nítidos e complexos, consegue fazer alguns sons como ‘baba’, ‘dada’. Tudo cheira, soa e tem gosto diferente agora. Dorme menos. Estranha as pessoas e busca maior contato corporal quando está sendo amamentado. Depois desse salto o bebê vai poder virar de costas e de barriga para baixo, e vice-versa, se arrastar pra frente ou pra trás, olhar atentamente para imagens num livro; reagir ao ver seu reflexo no espelho e reconhecer seu próprio nome."

Pois é meninas! Acho que vocês realmente acertaram. Uma coisa que não tinha reparado tanto, mas agora me ficou óbvia é a mudança de temperamento. Ele sempre foi tranquilo, não chorava quase. Agora "arma" os maiores berreiros. Inclusive às 3 da manhã! Também começou a estranhar as pessoas. Até sorri um pouco quando está no meu colo, mas é sair dele e já chora. Muito. Por outro lado tem paciência de ficar sozinho no quarto dele, conversando com o mobile, com os ursinhos, com as mãos.

Ah! E as conversas. Tá falando muito, o tempo todo. E o mais engraçado é que quando chorava - antes - fazia "ai ai ai" e todo mundo já ria. Agora ele faz "ai ai ai nenê" e aí já viu né! Sim meninas! ele fala nenê!!! (Recado mental - Preciso gravar...). Já olha os pés,mas não pega. O que ele pega são os brinquedos, e claro leva na boca!

E é este "levar à boca" que me leva a crer que tem dente aí. Porque ele não morde só. Percebo claramente que ele tá coçando a gengiva. Quando ele morde nossos dedos, nossa! É forte! Fora o "cocôzinho". Típico de dente (segundo as "experientes" da família).

Agora estou mais aliviada. Não ainda não passamos o salto. Mas saber que é ele me deixa feliz, mesmo passando por tudo isso, pois logo ele estará fazendo "mais alguma coisa" pra nossa alegria!

E por falar em alegria, nem comentei sobre a consulta dos 4 meses!

Neste mês o Gu cresceu muito! Está com 64 cm! Peso não foi muito não comparado com os padrões anteriores. Na consulta ele estava com 6,935 kg. Mas sim, continua fortinho! :-)

E estou notando que este mês ele crescerá muito, do mesmo jeito. Isto porque comprei umas roupinhas na Feira do Bebê em Campinas neste mês e algumas já estao certinhas no corpo - ou seja, em questão de dias não servem mais - e eu pensei que usaria por no mínimo mais um mês! Dentre as várias coisinhas, comprei uns pijaminhas e o Gu fica parecendo um "homenzinho" com eles! Uma fofura!

Obrigada meninas pelos comentários e pela ajuda! Beijos!

n))

quarta-feira, 27 de abril de 2011

É dente !?!

Ai que estes ultimos dias tem sido o caos!!!

O Gu tem dormido muito mal, o que resulta num sono péssimo pra mim tb!

Semana passada meus sogros vieram de MG e aí mudança total na rotina, pra piorar minha secretária do lar ficou doente e faltou 2 dias. Depois foi minha vez, um piriri danado seguido de febre, pra minha sorte durou só um dia.

Aí foi fazer sala pros sogros, fazer um presentinho (artesanato) pra sogra e pra vó do maridex, correria só. O Gu que já tava ruinzinho ficou pior. No sábado, fomos lá nós correndo imprimir fotos, terminar os presentes, levar na casa da cunhada, tudo olhado pro relógio com medo de não dar tempo... Nesta noite o Gu praticamente não dormiu, no domingo de Páscoa fomos pra minha mãe, ele quase não dormiu de dia, chorando muito e com muita diarreia. Eu achava que ele tinha pego o piriri de mim, mas aí foi aumentando, aumentando, e agora ta uma loucura. Fora o choro e a dificuldade pra dormir.

Só posso crer que não se trata se super estimulaçao mas sim de dentes.

Já até comprei Camomilina C (que ele está odiando tomar) e tô rezando pra ele melhorar. Nao aguento mais acordar tanto à noite.

É isso. Desculpem o mal humor e tals... Quando eu voltar a dormir mais volto a escrever de forma decente...

segunda-feira, 18 de abril de 2011

Ele também é meu flho!

O Gu está cada dia mais sorridente! Ainda não estranha as pessoas, mas se está de mal humor (sim, ele 'puxou' a mim) aí não quer papo. Mas de modo geral sorri sempre, pra todo mundo, pra tudo.

Deu uma gargalhadinha pra mim, umas pra uma das tias e varias pro papai (claro...). ainda não é daquelas enooormes, que fazem a gente rir no youtube, mas tá valendo!

A novidade é ele gargalhar dormindo! Eu e o papai quase tivemos um troço! Foi lindo!

Acho que é sinal de mais uma coisa igual a mamãe! Eu rio dormindo, falo dormindo, choro dormindo, canto dormindo... E tenho os sonhos mais loucos da face da Terra...

Como já me disseram, "a carinha é do papai, mas tem muito da mamãe aí também!".

quarta-feira, 13 de abril de 2011

Chegou a minha vez....

... de ficar aflita com a creche!
Falta ainda 2 meses pra eu voltar a trabalhar, mas como o Gu não vai pra creche particular ($$$) tenho que fazer a inscrição já, sob o risco ainda de não conseguir a vaga a tempo... Tem o risco também de ter vaga imediata aí meu nenezinho já vai, tão pequenininho, fazer a adaptação.Já me disseram que é melhor, porque dá pra fazer uma adaptação bem lenta, mas é f$%¨&, né?

Fomos conhecer 2 escolinhas daqui de perto, onde provavelmente ele ficará e gostamos, principalmente da primeira, e estou torcendo pra vaga ser lá. A diretora foi muito calorosa e amorosa, não só com o Gu, mas conosco também o que pra mim faz muita diferença.

Ele continua um grude comigo, quando saio se deixo com o papai ele consegue ficar sem chorar por quase 1 hora. Com qualquer outra pessoa chora em menos de 5 minutos. E imaginar meu menininho chorando lá na creche já está me deixando louca, mas é preciso... Além do que acredito sinceramente que fará bem pra ele, para seu desenvolvimento...

Agora falando de coisas boas, ele está super-hiper-conversador! Conversa comigo, com o papai (principalmente), com a TV, com os cachorros, com os brinquedos, com ele mesmo! E conversa alto! As vizinhas dizem que escutam! Não escutavam chorar, mas conversar..rs..

E agora resolveu gritar. Quando quer chamar nossa atenção não chora, grita! Alto! É até bonitinho! rs

Amanhã, meu mocinho faz 4 meses... O tempo está voando!

sábado, 9 de abril de 2011

mini-novidades

E eis que no alto de seus quase quatro meses de vida o Gu dá sua primeira gargalhada. Na verdade foi uma mini-gargalhada, não foi daquelas grandes que fazem a gente gargalhar junto. Mas aconteceu, linda e meiga! Foi ante-ontem.

Pra meu desespero não foi pra mim e sim pro papai, com suas brincadeiras mais "masculinas". Nós assustamos tanto que acho que assustamos o Gu e ele calou.

Aí ontem mini-gargalhou de novo.

E de novo pro papai.

Ele tá todo prosa com o papai estes dias. E nada de gracinhas comigo. Na verdade até tem chorado no meu colo. Levei no PS, medo de infecção de ouvido, porque chorou mamando. Nada, ainda bem!

Mas o choro continua... É cedo pra outro salto de desenvolvimento. Ai comecei a pensar e pensar...

Acho que ele está meio entediado. Ou seria "mini-entediado"? Todo dia, dia todo, somos ele e eu aqui em casa (que é pequena). Acho que ele quer outros ares. Então bóra passear e torcer pro chorinho cessar!

quinta-feira, 7 de abril de 2011

Muito prazer, sou mãe de menino!

Dando uma olhada geral num blog novo pra mim dei de cara com um post que me acertou em cheio e me levou às lágrimas.

Me fez olhar pra esta bolotinha cheia de dobras e imaginar o dia que deixaria de ser um bebê gorducho pra se transformar num menino sapeca.

Me fez lembrar do sentimento (durante as tentativas e na gestação) de que eu teria um menino. Sentimento confuso já que eu não sabia se sentia que seria ou se na verdade eu queria um menino.

E aí ele veio e o no meio da frustração diante de lindos laços e frufrus vem o orgulho diante de uma pólo (ou camisa de botões), um bermudão e tênis.

E num dia qualquer a gente se depara com um texto que de tão perfeito nos comove. Tomei a liberdade de transcrevê-lo:

"Entre a inocência da infância e a compostura da maturidade, há uma deliciosa criatura chamada menino. Embora se apresentem em tamanhos, pesos e cores sortidas, todos os meninos têm o mesmo credo: aproveitar cada segundo de cada minuto de todas as horas de todos os dias e protestar ruidosamente (o barulho é sua única arma) quando seu último minuto é decretado e os adultos os empacotam e os colocam na cama.
Meninos são encontrados em todas as partes: em cima de, embaixo de, dentro de, subindo em, balançando-se no, correndo em volta de, pulando para.
As mães os adoram, as meninas os odeiam, irmãos e irmãs mais velhos os suportam, adultos os ignoram, o céu os protege.
Um menino é a verdade com rosto sujo, a beleza com um corte no dedo, a sabedoria com um chiclete no cabelo...
Quando você está ocupado, um menino é uma conversa-fiada, intrometido e amolante.
Quando você deseja que ele cause boa impressão, seu cérebro vira geléia ou ele se transforma em uma criatura empenhada em desmontar o mundo .
Um menino é híbrido: o apetite de um cavalo, a disposição de um engole-espadas, a energia de uma bomba atômica de bolso, a curiosidade de um gato, os pulmões de um ditador, a imaginação de júlio verne, o entusiasmo de um bombeiro e, quando se mete a fazer alguma coisa,é como se tivesse cinco polegares em cada mão.
Gosta de sorvetes, canivetes, serrotes, pedaços de pau (em seu habitat natural), bichos grandes, papai, sábados, domingos e feriados, mangueiras de água.
Não é partidário de catecismo, escolas, livros sem figuras, lições de música, colarinhos, barbeiros, meninas, agasalhos, adultos e 'hora de dormir'.
Ninguém mais é capaz de enfiar num único bolso um canivete enferrujado, uma maçã comida pela metade, um metro e meio de barbante, um saco de matéria plástica, tres notas de dinheiro, um estilingue e um fragmento de 'substância ignorada'.
Um menino é uma criatura mágica: você pode mantê-lo fora do seu escritório, mas não pode expulsá-lo de seu coração.
Queira ou não, ele é seu captor, seu carcereiro, seu dono, seu patrão - um sarapintado, um nanico, um pacote de encrencas. Mas, quando à noite você chega em casa, com suas esperanças e seus sonhos reduzidos a pedaços, ele possui a magia de soldá-los num segundo pronunciando apenas:
'Oi, mamãe!'..."Oi papai!'..."


Depois deste texto lindo e de me imaginar vivendo cada um das situações, vivenciando o cresccimento e o amadurecimento do meu "meninozinho", e me sentir imensamente feliz e abençoada por isto, só posso dizer: Muito prazer, sou mãe de menino!

*Recomendo que leiam o post da Pâm. Lindo e inspirador. Além disso tem um presentinho para as mamães de meninos!

quarta-feira, 6 de abril de 2011

Ai que sono!

Noite terrível... Pela primeira (!!) vez o Gu acordou com cólicas... Chorava de dor e de sono, e eu molinha tentando embalar... Nem na minha cama ele ferrou no sono, foi a noite toda de soninho picadinho...

Eu tô só o bagaço e pra piorar tenho de sair hj, resolver umas pendências de trabalho, pagar contas... Tomara que consiga tirar um soninho na casa da minha mae...

EStou achando que o Gu está muito mais sensível Àquilo que eu como... Comi doce soltou o intestino, comi mais feijão, deu cólica... E nunca foi assim... Vou me policiar mais.

Beijos

sexta-feira, 1 de abril de 2011

O que deu neste menino? Leite adoçado!

Mais uma vez o Gu fez cocô de madrugada. Não fez muito, mas fez. E já tinha feito outras (!!) vezes durante o dia. Pela manhã foi um Deus nos acuda, eu com horário pra sair, pra acompanhar minha mãe no médico e ele brincando de limpa e suja (eu ficava com a parte do limpa, claro!).

Fiquei aqui "matutando" o que deu neste menino? E me lembrei dos cupcakes que fiz e obviamente estou comendo: doces!

Não dizem que vc é o que vc come? Agora sei (pois antes não acreditava nisso) que meu leite é o que como! Atualmente é doce! ahahahahhaha

Meninas, agora preciso de uma ajudinha, o pediatra do Gu não falou nada sobre o que comer e não comer. Eu claro não perguntei (depois da restrição da gravidez, queria mais era comer!). Me ajudem nisto? O que comer e não comer?

Agora vou voltar pra cama e tentar dormir mais uma horinha, Gu, como já dito, deu trabalho esta madrugada...

quarta-feira, 30 de março de 2011

Das surpresas de cada dia...

Estou eu quase pegando no sono depois da primeira mamada da madrugada quando uma pequana voz me chama. Vou lá e duas lanterninhas estão completmente acesas e quando me veem acontece uma linda exibição de gengivas, coisa irressistíivel para qualquer mãe!

Toca pegar a fofurinha no colo às 3 da manhã e ele, no meio dos sorrisos, começa com torçoes de corpo, esticadelas de pernas e gemidinhos. Resultado: presentinho na fralda. Às 3 da manhã!

Depois da operação limpeza quem quer dormir? Só eu!

Aí coloco o fofo na minha cama e ele fica lá, todo faceiro, na pontinha do me travesseiro, enrroladinho na minha coberta, assistindo a programação da madrugada todo sorridente!

Quando cansou, simplesmente virou a cabecinha para o lado, abocanhou o peito e dormiu!

terça-feira, 29 de março de 2011

Dos cabelos e das habilidades...

O que uma coisa tem a ver com a outra?
Nada.
Mas ambas tem a ver comigo e comigo e com o Gu.

Pra total desespero da mamãe o nenem anda perdendo cabelo. Sim, já me disseram que é perfeitamente normal e seu sei disto, mas não gosto ué! Sempre quis um bebê cabeludo e ele nasceu com uma quantidade razoável de cabelo e compridinho até. Eu, claro, toda orgulhosa, imaginando o primeiro corte de cabelo. Eis que começa a cair e não pára mais. A fronha tá sempre cheia. A banheira idem. Agora o coitadinho tem cabelo caído até no rosto!Já tem falhas aparentes dos lados e atrás da cabeça e no topo tá bem ralinho.
Pra piorar ele tem bastante crosta láctea, que eu tenho de tirar, aí, sai mais cabelo junto.
Quero que isso acabe logo!
E já que o assunto é cabelo, cortei o meu. Já tinha tirado um pouco, mas diminuir o comprimento, no meu conceito, não é cortar..rs.. Agora está beeem diferente.
Não é exatamente o que eu queria (por mim estava curtinho, mas, papai pediu pra não ser extrema...
Então está mais ou menos black power, tipo o da Tais Araújo antes de fazer a Alícia, mas não claro como o dela, está na minha cor natural castanho (muito) escuro.
EStá bem mais fácil de cuidar e consigo ficar com uma aparência mais alinhada. Tenho até vontade de me arrumar de novo!
Passemos às habilidades. Eu estava bem tensa com relação ao desenvolvimento do Gu e temia não estar estimulando direito.
Aí, como já disse num post anterior, resolvi comprar uns brinquedinhos. O primeiro que mostrei pra ele foi um chocalho. Simples de tudo. Ele amou! Pode estar chorando, basta dar umas balançadinhas no chocalho e ele pára e arregala os olhoes!
Comprei também dois mordedores, um de água (nunca tinha ouvido falar sobre) e outro "bolacha".
Ele simplesmente amou o de água. Quando mostrei ele já se interessou, coloquei perto dele e voalá, ele pegou!!! Agarrou o danado do mordedor e claro levou na boca. Eu quase morri de felicidade. Ele ainda não consegue ficar segurando, mas eu tenho que devolver pra ele senão é choro..rs..
Também como já dito em outro post, a mamãe aqui, inspirada, resolveu fazer cupcake. A primeira fornada não deu muito certo..rs.. esqueci de pôr oleo.. hihihi E também deixei pouco tempo no forno.
Agora a segunda... UEBA!!!! Certinho, ficou uma beleza e uma delícia! EStou toda orgulhosa de mim! Agora vou me arriscar com outras receitas!
Obrigada Jéssica!
Dá uma olhada:





Primeira fornada: com defeito, esqueci de colocar o óleo e deixei pouco tempo no forno.

(detalhe, coloquei a cobertura assim mesmo, e até deu pra comer)





Segunda fornada (depois de colocar o oleo e deixar o tempo necessário no forno).

Ah! Coloquei mais fermento também!















Quando eu me arriscar de novo venho contar!

segunda-feira, 28 de março de 2011

E finalmente uma mãe mais tranquila

Queria agradecer aos comentários do post passado, saber da experiência de vocês me deixou bem mais tranquila, obrigada!

Conversei também com uma cunhada que é pedagoga e trabalhou com crianças pequenas (a partir de 3 meses e meio) e disse que está tudo normal, que ele está bem durinho e que não fica todo largadinho, só nao tem vontade de pegar as coisas e que isso é normal, que logo ele pegará.

Depois, sem tantas neuras observei melhor o nenem. O Gu fica quase o tempo todo segurando as mãozinhas juntas e claro, com as duas na boca, uma lindeza. Então não fica com os braços largados, como eu tinha enfiado na minha cabeça (neura total!).

Agora é a mamãe relaxar e deixar ele fazer as coisinhas no tempo dele né?

Por falar em fazer as coisas... Me aventurei hoje a fazer cupcake com a receita da Jessica.

A primeira fornada deu errado, primeiro porque esqueci de colocar o óleo, segundo, porque deixei pouco tempo no forno. Mas dá até pra comer... A segunda fornada aparentemente está decente, mas ainda não terminei, quando estiver prontinho vou colocar fotinhas aqui!

E por falar em fotos... Olha aí o Gu, já com 3 meses, fazendo caras e bocas.



quarta-feira, 23 de março de 2011

Neuras de mãe

Será que sou só eu, ou as mães de primeira viagem são todas neuróticas?

Pouco antes de levar o Gu pra consulta dos 3 meses cismei que ele estava pequeno. Talvez porque ele seja troncudo eu tenho esta impressão. Fui com isso na cabeça e falei pro pediatra que, literalmente, riu da minha cara! Depois de medi-lo me mostrou no gráfico que ele está exatamente como deveria estar.

Saí de lá tranquila, mas agora estou cismada com o desenvolvimento. O Gu não levanta os bracinhos pra ver as mãos ou tentar pegar brinquedos, não vira a cabecinha, nem dá gargalhadas. É verdade que ele está bem firminho, mas sei lá... será que ele já não tinha de fazer estas coisas?

Será que não o estou estimulando adequadamente?

Será.. será.. só isso que passa na minha cabeça!

Será que estou exagerando? Ai meu Deus, que difícil que é ser mãe! Pior é que se falo estas coisas com maridex ele fica bravo e fala que procuro pelo em ovo, mas a gente tem que se preocupar não é?

Ele continua super sorridente, mas ainda não dorme a noite inteira (também já deveria estar fazendo isso não é?) aí eu não sei o que faço, se espero, deixo o tempo passar, tento estimular, procuro o pediatra... O que vocês acham?

Seguindo a linha da mãe neurótica, já estou pensando e preparando a festinha de 01 ano do Gu.

Sim eu sei que ainda temos longos 6 meses, mas não quero deixar de fazer alguma coisa por falta de tempo ou planejamento. Como (algumas de) vocês sabem não tive chá de bebê - que era uma coisa que eu queria muito, então não quero ser "pêga de calças curtas" no aniversário dele.

Eu já escolhi o tema - urso - como era do chá de bebê não realizado (olha o trauma aí..rs..) e as cores - azul e branco. E também decidi que vai ser uma festa clean com personalizados. Cheguei a fazer um orçamento, mas foge (e muito) das atuais condições financeiras, então vou me virar eu mesma com a ajuda - bem vinda - da família. A arte está sendo feita com o auxílio de um sobrinho e assim vamos nós. Espero que fique tudo bonitinho como quero e o meu Gu merece! Já até comprei alguns itens de descartáveis numa loja que está fechando e por isto está em promoção.

E por falar em comprar finalmente encontrei a fralda Pompom Top Confort! Na minha opinião (no Testado pela Mamãe) esta fralda é melhor que a Pampers (que deu uma pouquinho de irritação na pele do Gu), além disso a loja entrega em casa, quer coisa melhor?

Falando ainda em comprar o Gu ganhou um presentinhos da mamãe(olha aí de novo a preocupação em não estar estimulando o gatinho adequadamente): um chocalhinho e dois mordedores (ele tá com mania de mão na boca), todos baratinhos, assim dá pra ver o que ele gosta e não prejudica a minha saúde financeira! rs...

por falar em finanças, estava louca pra dar uma festinha no batizado do Gu, mas acho que não vai dar $$$ Ó mundo cruel!

No mais o Gu continua lindo e fofo!



Beijos!

quinta-feira, 17 de março de 2011

3 meses! (atualizado)

Meu gatinho completou 3 meses dia 14!

E com tão pouco tempo de vida ele já me ensinou tanto! Sou mais amorosa, mais dedicada, mais tolerante, mais paciente...

Está certo que nem tudo foram (ou são) só flores. Enfrentamos dificuldades nestes 3 meses. A inexperiênci dificultou bastante, mas sei que ele sente o meu esforço e sempre me recompensa com sorrisos e carinhos.

Minha vida é outra, com certeza.

Ando mais cansada... Menos arrumada... Mas não há dúvida que sou muito mais feliz!

Obrigada meu filho!!

(atualização graças à pouca memóra da mamãe: Gu está medindo 61 cm e pesando 6,225 kl!!!

domingo, 13 de março de 2011

Assim, assim....

Finalmente o resfriado deu trégua. Ele ainda tosse um pouquinho e tem cáquinhas no nariz. Mas a tempestade em si já passou. Continuo com a inalação e a atenção redobradas, já não ter surpresas.

Mas é a mamãe que agora anda assim, assim. Problemas. Principalmente financeiros, que fazem a gente ter de repensar planos a muito milimetrados.Tanta coisa que quis agora vou ter que "deixar pra lá".Isto me aborrece muito e aí quem fica tristinho? Nenem,claro! Eles sentem o que a gente sente, diria minha mãe. E isto me deixa pior. Ele não tem nada a ver com isso. Não precisa chorar se as coisas não saem como planejei.Aí vem a culpa.
Dureza.
Mas passa. Tem de passar.
Hoje vamos passear na casa da vovó. Quem sabe os novos ares ajudem a acalmar a mãe e por consequencia o filho?

Beijos e bom domingo!

quinta-feira, 10 de março de 2011

O resfriado - a saga continua

O (danado) do resfriado continua judiando do meu fofinho... Esta noite ele dormiu quase o tempo todo na cama da mamãe e do papai. Ficou até a madrugada. Depois conseguiu dormir sozinho, todo mocinho.

Quando acordou parecia bem mais bem disposto, brincamos e tudo.

Aí começou a sair caquinha do nariz. Amarela (credo!) Inalação e bombinha de aspirar (éca), e conseguimos aliviar.

Por volta das 9 e 30 ficou irritadinho de novo e nos deitamos novamente. Um mamázinho básico e ele dormiu mais uma vez. Aproveitei e dormi também, estava muito cansada. Acordamos 11 e 20 hs. e fomos assistir a Galinha Pintadinha. Ele riu, brincou e - pra alegria geral da nação - fez cocôzinho, sozinho(!!!!) - coisa linda de se ver!

Tomou banhão e ficou melhor ainda! Ficou bem disposto, respirava bem, mas ainda assim fiz mais uma inalaçãozinha. Tomou o Tylenol no horário (quando já estava ficando choroso - acho que o corpinho doía) e voltou a ficar sorridente, mas não dormiiu seu sono da tarde...

Estava tudo bem até começar a anoitecer. Aí voltou a tosse. Tadinho, ele até engasga! A boa notícia é que ele não perdeu o apetite e a respiração está bem melhor.

Espero que continhue assim, melhorando a olhos vistos. Eu não aguento ver meu nenem doente. Acho que ninguém aguenta...

quarta-feira, 9 de março de 2011

Salto de desenvolvimento + resfriado = nenem choroso

Ai meninas! Há dois dias o Gu começou a ficar enjoadinho. Fizemos os cálculos e concluímos por mais um salto de desenvolvimento.

Foi piorando e ontem ele chorava do nada. Mas um chorinho tão sentido que me apertava o coração. De madrugadinha percebi uns barulhinhos e hoje de manhã ficou nítido: ele tá resfriadinho. O narizinho dá dó. Fiz inalação e ele até dormiu. Mas o soninho não durou muito. Tá choroso mesmo.

Saí com ele agora a tarde e fez bem, ele tá dormindo agora. ELe não teve febre então resolvi não passar no pediatra. Vamos ver se evolui.

Torçam pela gente!

sexta-feira, 4 de março de 2011

O xerife comanda!

Sempre gostei das coisas do meu jeito, na minha hora. E quase sempre consegui.

"Xerife", marido dizia, "manda e os outros obedecem". É verdade que (quase sempre) tudo saída do meu jeito, às vezes nem precisava mandar, conduzia tudo para que saísse ao meu modo, do meu gosto, ao meu tempo.

Eis que de uns meses para cá as coisas foram mudando, já não conseguia dormir no horário que queria, não cabia nas roupas que gostava, não podia comer tudo o que queria... Mas tudo acontecia em doses tão homeopáticas que não me dei conta. O tempo foi passando e tudo isto foi ficando cada vez mais evidente, mas quem perceberia, tamanha era a ocupação com escolha de berços, trocadores, e os mais diversos kits...

E depois vieram as complicaçõezinhas, que fizeram com que eu tivesse um único pensamento: fazer de tudo e mais um pouco para que ele só chegasse no tempo certo, com a saúde perfeita.

Aí o dia chegou e ele chegou, lindo, saudável, perfeito!

E aí o que já era evidente ficou inconfundível! Os meus desejos não mais importam Agora minha vida segue novo fluxo, hora pra tudo: temm hora pra mamar, tem hora pra trocar, tem hora pra banhar, e tem que ser na hora exata: na hora que ele precisa ou quer!

Há um novo xerife na casa!

Ele comanda e eu (pela primeira vez na vida) amo obedecer!

sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

Fotos!

Depois de séculos vou finalmente postar fotos do meu gatinho!

Como demorei muito vai uma sequência (o difícil foi selecionar as fotos para publicar - todas são tão lindas!)

Com poucas horas de vida (assim que a mamãe chegou ao quarto).


Depois da primeira visita ao pediatra com 7 dias.


Tirando um cochilinho na tarde de Natal - vigiado pelo cachorrinho - presente da tia Rô.


Tomando mamadeira no colinho (gostoso) da vovó Maria.


abraçando a mamadeira (é dele e ninguém tasca!) - 1 mês



Aprendendo a mostrar a língua - 1 mês.


Com 2 meses - sorrisinho e...


... sorrisão!


É tão lindo acompanhar as pequenas mudanças que ocorrem a cada dia. Ele está cada dia mais sorridente e já reconhece a câmera! Daqui a pouco está fazendo pose..rs..

Sim, sim, sou suuuuuper coruja!

Beijo!

terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

2 meses e as vacinas

Ontem o Gustavo completou 2 meses! Está um lindo, um fofo e é um amorzinho!

Fomos lá nós para as vacinas: pólio, rotavírus e (a temida) tetra.

Eu me enchi de coragem e entrei na sala, mas quem segurou o Gu foi o papai. Ele já estava chorãozinho. Fez careta para a vacina da pólio e adorou a do rotavírus (é docinha). Aí veio a tetra. Ele chorou. Muito! Ficou vermelho e perdeu o ar. Eu quase tive um troço. Papai também. Ele não tinha chorado deste jeito em nenhuma das vacinas anteriores.

Saí de lá com ele já no peito e ele acalmou. Dormiu na casa da minha mãe um pouco, mas logo que acordou já começou o chorinho. E só foi piorando. Quando eram 19 horas lá estava ele com sua primeira febre e pais apavorados. Só de pegá-lo no colo ele gritava.Imagino o quanto o corpinho doía. Demos banho e tylenol. A febre baixou vagorosamente. A dor melhorou muito e ele dormiu. Acordou nos horários de sempre para mamar e de madrugada já não tinha febre. Hoje está bem melhor, mas ainda tem dor, chora um pouco...

Espero que amanhã volte ao normal, sem dor, sem febre.

Volto depois com fotinhas.

Beijo!

domingo, 13 de fevereiro de 2011

Ah... as contradições...

Até agora reclamei muito da pressao que é ter uma criaturazinha totalmente dependente...

Aí hoje resolvi que ele iria dormir no berço (sim, ele ainda dorme no carrinho, contra tudo o que preguei...). "Nino" o bichinho e o coloco no berço. 5 minutinhos depois ele acorda, mas não chora, continuo fazendo o que estava (cuidando da casa) e ouço ele resmungando. Dou uma olhadinha e ele está bem, só resmunga. Volto para minhas atividades "do lar" e.. silêncio. Mais uma olhadinha e ele dormiu! SOZINHO!

Pronto, já me sinto inútil! Vai entender....

quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

Atualização rápida

Oi meninas! Tantas coisas acontecendo ao mesmo tempo e eu sem internet e depois sem ânimo...

Ainda estou na casa da minha mãe. Decidimos (papai e eu) que ficaria aqui até o final do resguardo pra estar mais independente e caso necessário correr aqui. Explico. Como já dito no post anterior não me sentia bem e acabei voltando pra casa da minha mãe dia 01/01 à noite. O plano era ficar só uns dias mas acabei não voltando mais pra casa e minha sogra acabou voltando pra MG. Eu não estava realmente bem, achamos que seria depressão pós-parto, mas graças a Deus não chegou neste ponto, mas foi bem ruim... Chorei bastante e nem queria cuidar do Gustavo. Só tinha vontade de dormir. Graças a Deus tive muita ajuda, principalmente da minha mãe, minhas irmãs ajudaram muito tb, com o cuidado com o Gu e conversas comigo...
Ainda tenho inseguranças, às vezes uma tristezazinha e um desânimo pra cuidar dele, mas estou lutando e melhorando. Me sinto envergonhada por ser tão fraca, outras com problemas tão maiores, como a Taly por exemplo, mas cada um é o que é né?
Também estou bem melhor da cesárea agora, e também animada com a recuperação do corpo, não estou mais inchada e consigo usar cinta numa boa, o peso está praticamente o mesmo de quando engravidei. Agora e conseguir encarar a maternidade e dar conta do bebê sozinha. Estou "estagiando" rs Acho que semana que vem vai ser o "vâmo vê" pra poder voltar pra casa na primeira semana de fevereiro! Pensamentos positivos são bem-vindos!

Beijos queridas!

sábado, 1 de janeiro de 2011

Sumida, eu sei... Passei alguns dias na casa da minha mãe, já que com a cesárea seria impossível ficar em casa. Voltei pra casa na quarta-feira, minha sogra veio de MG por causa do nascimento do netinho (ela já tinha vindo em setembro quando nasceu minha sobrinha).

Embora ela esteja o dia todo comigo e seja um amor as coisas não vão muito bem, e estou querendo voltar pra casa da minha mãe. Me sinto estranha na minha própria casa e isto tem sido horrível. Eu estou horrível, com relaçao ao humor e ao trato com as pessoas... Não quero ficar sendo mal criada ou ingrata com a minha sogra, então acho que o melhor é ficar mais uns dias na minha mae... Espero que o papai entenda e concorde. Fico lá uns 3 ou 4 dias e volto pra cá, pra ficar mais uns 3 ou 4 dias em casa com a sogra até melhorar...

Então, se eu sumir de novo é que estou na casa da mamy!

Beijo!